Tags

, , ,


Exageros à parte, os dias quentes já não são tão aprazíveis como eram em séculos passados. Talvez, influenciados pelo ensino de história eurocentrista e, mais recentemente, pela indústria cultural estadunidense, fomos levados a acreditar em contos de neve, com dias brandos perto de grandes lagos refletindo o anil do céu. E, assim, o Papai Noel dos trópicos – ou próximo destes, como o é aquele do Paraná para baixo – tem de se refrescar com um sorvete de casquinha em pleno dia da semana, porque o Natal também vive de véspera, e o calor da estação não tem hora certa para chegar ou ir embora.

Diante de situações extremas, um beijo entre namorados fiéis (sim, eles existem) esquenta a relação e os corpos desejados na velocidade de um raio, mas que poderia durar tanto quanto o tempo que se leva ao andar de ônibus em Florianópolis. E carros malandros costumam parar ao lado das lotações no intuito de desfrutar uma sombra ligeira, dessas que, acompanhadas de um ventar providencial, proporcionam alívio imediato.

Entre a cidade e a praia, o que separa mulheres e homens da intimidade com o mar são as necessidades de um bem estar distinto do estar bem, além de aterros e mais aterros afiançados com um tantinho de masoquismo por conta das autoridades. Se as ondas causam tamanha distração, pouco úteis são para atrair atenção daqueles que mandam e desmandam, que tratam e retratam a dura realidade em fotos de seus subalternos. E os vapores das caldeiras das fábricas têm consigo a significação dos versos aquecidos: opúsculos de amores mal resolvidos e dívidas de jogos impressos em papel cor de fogo.

Daqueles dias gelados, quando o vento sul deixa o clima marcado na carne e na alma, tão somente ficou uma saudade estranha; prazer passado pedindo passagem para voltar à tona. E que ideia faz mais sentido em estações femininas como o verão e a primavera? Ora, ora, por que não deixar a sede de lado e assumir com toda a verdade dos olhos e da boca o prazer inexpugnável de um sorvete de casquinha?

> Crônica publicada no Jornal Notícias do Dia em 03/12/2009.

Anúncios