Tags

, , , , , , , ,


Mais beat impossível. Ou assim o é se lhe parece. O livro de Allen Ginsberg (1926-1997), publicado em 1973, é a sua própria representação da América – os EUA, caso não tenha ficado claro. Entre referências culturais que vão dos Beatles à Cabala, o autor tece este relato íntimo e político sobre seu país. Se Ginsberg estava na meia idade quando escreveu a obra, talvez também a América esteja passando pela meia idade, em busca de si mesma, tentando descobrir quando o sonho americano se perdeu, triste com o presente e sem esperanças para o futuro próximo. Escreve Allen: “Daqui a mil anos, se houver História | Os Estados Unidos serão lembrados como um paisinho antipático”. Não há como saber se ele estará certo. Mas se tivesse de apostar, ficaria ao seu lado.

quedameric

> Siga também o Instagram: www.instagram.com/cronicasdoevandro

Anúncios